quinta-feira, 26 de junho de 2008

Bipolar.


Ela se achar superior é uma forma de mentir.
Uma forma de dizer pra ela (e só pra ela..) que não é um blefe...
Quando sabe que é.
Não é a toa que ela ri com aquele ar piedoso das besteiras alheias. Aquele riso é legenda pra "Pobre coitado..."
Ela é assim, uma farsa.
Finge que não liga o amor porque sabe que não pode controlá-lo. Aliás tudo que lhe foge do controle é descartado.
Prefere fazer tudo sozinha, porque jura que uma cabeça(a dela), funciona melhor que várias(outras)...
Ela é assim, por fora todas as respostas. Por dentro todas as perguntas.
Ela prefere dar à receber.
Porque ter é complicado demais e só quem tem pode perder.
Prefere dissimular à dar importância.
Só pra fazer aquela cara blasé que só tem quem já viveu de tudo um pouco, pra fingir que nada a surpreende.
O tênis no pé, segundo ela, é porcausa do conforto.
Mas eu sei que é porque ela não sabe andar de salto.
Ela é uma contradição por completo.
Ela não é, pra bem da verdade.
Quando bate a porta...se afasta do mundo, fica na tangente da vida.
Grita no silêncio: dor, amor e disparate.
É como se ali seus pensamentos, e dúvidas, e medos, esbarrassem uns nos outros procurando portas, janelas, frestas, saídas...
Ela é assim. Duas em uma.
E nem sabe qual quer ser.


Kamila V.

6 comentários:

Gislânia disse...

É...
Realmente ela se contra diz.
Ei...
Mas quem é ela?

Mila disse...

é uma amiga Gi!
Fiz uma homenagem.
Beijooos

Grrrls disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

duas em uma...
huuumm...
acho q todas temos um pouco disso...é o que dá um pouco de graça à vida :p

Anônimo disse...

duas em uma...
huuumm...
acho q todas temos um pouco disso...é o que dá um pouco de graça à vida :p

Grrrls disse...

duas em uma...
huuumm...
acho q todas temos um pouco disso...é o que dá um pouco de graça à vida :p

Dezza